Busque por empregos ou concursos

Seis sinais dados pelo corpo feminino na hora do orgasmo



Especialista aponta comportamentos corporais característicos das mulheres quando estão quase gozando



Coração acelerado e um explosivo pico de prazer, seguido de um relaxamento involuntário e intenso. As pessoas que se identificaram com a descrição do momento provavelmente já tiveram a oportunidade de chegar ao orgasmo.

Porém, nem todos chegam ao pico do prazer, principalmente as mulheres. De acordo com um estudo publicado no Journal of Sex & Marital Therapy, cerca de 60% da população feminina sofre de anorgasmia, que se trata da dificuldade de chegar ao orgasmo.

Além das diferenças anatômicas que fazem o orgasmo feminino ser mais complexo de se atingir que o masculino, existem diversas questões sociais de cobranças e tabus envolvendo a sexualidade feminina que, muitas vezes, as inibem de gozar.

Além das que têm dificuldade em chegar ao orgasmo, existem aquelas mulheres que nem sabem distinguir se já o tiveram ou não. Para quem vive essa dúvida, a ginecologista e especialista em saúde sexual Dra. Erica Mantelli explica que alguns aspectos podem ser observados no momento orgasmático.

“O corpo reage com uma série de mudanças que progridem até chegar ao orgasmo”, explica.

Confira os sinais que seu corpo dá quando você está quase lá:

Os mamilos ficam mais rígidos


A vagina e o útero vão se contraindo automaticamente


A vagina fica mais lubrificada


A vagina vai se contraindo cada vez mais, até que se chega ao orgasmo


O orgasmo não dura mais que alguns segundos, mas é um pico intenso e inconfundível de prazer


Após o orgasmo, há o relaxamento da vagina, seguido de pequenas contrações involuntárias


Metrópoles

O conteúdo do Macajuba Acontece é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.






Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial

0 Comments:

Copyright © Macajuba Acontece | O Portal de Notícias de Macajuba e Região | Direção Max Ribeiro