Novo auxílio de R$ 452 será pago ainda em janeiro; confira quem poderá receber


Segundo o Ministério da Cidadania, cerca de 17,5 milhões de pessoas irão receber auxílio de ao menos R$ 400,00 ainda no mês de janeiro, sendo que há brasileiros que receberão um valor a mais.

Conforme informações do Governo Federal, ao menos 5 milhões de pessoas receberão R$ 452,00 em janeiro. Esse valor corresponde à soma do Auxílio Brasil e do Vale-gás.

Não há nenhuma lei que impeça o acúmulo dos dois benefícios, ao contrário, somente os beneficiários do Auxílio Brasil terão direito ao Vale-gás. Há exceção apenas às pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) e aos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS).

A soma dos dois benefícios irá totalizar no mínimo R$ 452,00, pois o Auxílio Brasil pode ter um valor maior que R$ 400,00 em alguns casos, contudo, o Vale-gás não deve ter aumento.

O processo seletivo para receber o Auxílio Brasil e o Vale-gás acontece por meio do Cadastro Único (CadÚnico), portanto apenas os inscritos nesse cadastro poderão se beneficiar dos dois auxílios. 

O que é o Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil é um programa de transferência de renda criado em substituição ao Bolsa Família e contempla pessoas de baixa e extrema pobreza que estejam cadastradas no CadÚnico.

O que é Vale-gás?

Intitulado “Gás dos Brasileiros”, o programa foi sancionado no dia 22 de novembro e tem validade de 5 anos. Ele possui o intuito de amenizar o impacto econômico causado pelo aumento do preço do gás no orçamento das famílias mais necessitadas.

O vale-gás contempla 50% do valor do botijão de cozinha. Atualmente, ele custa, em média, R$ 102,48. Portanto, cada família cadastrada no CadÚnico receberá a cada bimestre o valor arredondado de R$ 52,00 para o custeio de um botijão de 13 quilos.

Além disso, foi decretado recentemente  que todas as pessoas beneficiárias do Auxílio Brasil possuem prioridade no pagamento do Vale-gás.

Quais os requisitos para fazer a inscrição no CadÚnico?

O CadÚnico serve para reconhecer possíveis beneficiários de programas sociais que se encontrem em situação de pobreza e extrema pobreza. Os requisitos para ser inscrito no programa são:

  • ganhar até meio salário mínimo por pessoa da família (R$ 606,00);
  • ganhar até 3 salários mínimos de renda mensal familiar (R$ 3.636,00).

Como se cadastrar no CadÚnico?

A família que se enquadra nos requisitos para o CadÚnico e ainda não está inscrita, pode procurar o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) em sua cidade e requisitar o cadastramento.

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE

O conteúdo do Macajuba Acontece é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.