segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Polícia conduz homem por tráficos de drogas em Ruy Barbosa



Por volta das 20h do domingo 08/12/19, ao realizar ronda na cidade de Ruy Barbosa, bairro Manoel Antonio, a Gu Alfa percebeu a inquietude dê um indivíduo, que com a aproximação desta fração empreendeu fuga. De imediato foi feito o acompanhamento e aos fundos da residência que o infrator adentrara, fora alcançado. Abordado, foi identificado, se tratando do Sr. Morivaldo de Jesus da Silva, de alcunha " Moura", em posse de uma mala contendo cerca de 1,4 kg de substância análoga a maconha. Vale salientar que este foi conduzido a cerca de um mês, incorrendo no mesmo crime, art 33 do CP.



Material e conduzido foram conduzidos a DT de Ruy Barbosa, sob ocorrência 4747/2019.



Material apreendido

01 envólucro contendo 1kg

01 envólucro com 200g

02 envólucros com 100g c

Fonte: CIPE CHAPADA


O conteúdo do Macajuba Acontece é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Criminosos que espalharam áudios aterrorizando a população da Chapada Diamantina são presos.



A operação foi deflagrada pelas Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) Semiárido e Chapada, o Grupamento Aéreo da PM (Graer) e o 7° Batalhão de Polícia Militar (BPM/Irecê).



Três homens foram presos durante a operação Vetor Aéreo no município de Mulungu do Morro, na Chapada Diamantina, com intuito de manter a tranquilidade da região. A operação foi deflagrada pelas Companhias Independentes de Policiamento Especializado (Cipes) Semiárido e Chapada, o Grupamento Aéreo da PM (Graer) e o 7° Batalhão de Polícia Militar (BPM/Irecê).


Na ação também foi localizado Erivelton Rodrigues de Souza. Segundo a polícia, ele atirou contra as unidades e, no confronto, foi atingido. Ele foi encaminhado para unidade médica, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Erivelton era apontado como líder do tráfico de drogas na cidade, e era investigado por homicídios.


Com eles foram encontrados um revólver calibre 38, 294 comprimidos de ecstasy, 26 porções de cocaína, 25 porções de maconha, 88 munições para calibre 9mm, duas para calibre 380, um carregador de pistola calibre 40, três balanças e uma touca estilo balaclava.



O conteúdo do Macajuba Acontece é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



5 erros comuns dos homens com as mulheres no sexo



mulher odeia na hora da transa
Erros comuns dos homens com as mulheres no sexo

Homens e mulheres sempre terão perspectivas diferentes quando o assunto é o sexo. Pensando nisso, a terapeuta sexual Laurie J. Watson listou os cinco erros mais comuns dos homens com as mulheres entre quatro paredes.

Confira a lista traduzida e adaptada do portal Psychology Today:

  1. Pensar que sua menor manifestação de desejo significa que ele não é atraente.


Quando um homem vê uma mulher bonita cruzando seu caminho, ele sente alguma coisa. Sua atração causa sensações nos órgãos genitais. A mera visão do seu parceiro pode causar uma ereção parcial.

Mas quando uma mulher vê um homem atraente, seja ele seu parceiro ou outro, nem sempre sente o calor instantâneo ou lubrificação em seus órgãos genitais.
Em vez disso, ela observa se ele é bonito. Seus genitais não indicam que é hora de fazer sexo. O desejo masculino está enraizado no seu corpo; seu desejo brota de sua memória, imaginação e fantasia.
No caso da mulher, uma boa sedução é o que a ajuda a construir uma fantasia sexual.


  1. Se frustrar com o “despertar” mais lento das mulheres para o sexo.


As mulheres gostariam de se conectar instantaneamente, mas na maioria das circunstâncias, sua fisiologia simplesmente não permite um "aquecimento" rápido.
E se ela estiver ciente de sua frustração ou decepção, sua autoconsciência a tornará ainda mais lenta para se sentir excitada. A solução: não se apresse, aproveite a “combustão lenta” e saboreie a tentação.

  1. Acreditar que o bom sexo é sobre o seu desempenho.


Os homens podem arruinar a intimidade com a parceira se preocupando com suas ereções e quanto tempo duram, precisando recuar para uma bolha de concentração para chegar ao clímax; Essa abordagem mental pode fazer você parecer isolado e desapegado.
Para tranquilizá-la e permanecer conectado, sussurre palavras sobre ela: quão desejável ela é e quanto você a ama.
Se uma ereção for lenta, interprete-a como um intervalo para acordar seu corpo. E lembre-se, o sexo oral pode ser um excelente substituto para a relação sexual.


  1. Ir rápido demais para o toque genital.


Uma vez que os homens compreendem quanto tempo leva para excitar uma mulher, eles querem iniciar o processo. E porque eles gostam que seus órgãos genitais sejam diretamente estimulados, eles assumem que sua parceira apreciaria o mesmo.
Mas, sem permitir que se prepare psicologicamente, a sensação pode parecer invasiva. Em vez disso, passe um maior tempo em determinadas preliminares, beijando e massageando todo o corpo.

  1. Estimular a vagina e não clitóris.


O que ela sente na vagina não é o que você sente no seu pênis. A sensação no pênis é baseada no toque, enquanto na vagina, a sensação é criada pelo alongamento e pressão.
Para as mulheres, o estimulo do clitóris é o mais semelhante à sensação do pênis (exceto que sua anatomia é mais delicada e sensível). Por isso, o clitóris – e não a vagina – é o centro do universo sexual feminino.


O conteúdo do Macajuba Acontece é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



7 motivos que podem fazer uma mulher trair




A infidelidade pode ser motivada pelos mais diversos motivos e, além disso, é algo que pode acontecer com homens e mulheres.

De acordo com Robert Weiss, terapeuta sexual e autor especializado em sexo e compulsão sexual na era digital, a traição feminina geralmente ocorre devido a sete razões.

Confira:


  1. Elas se sentem subestimadas, negligenciadas ou ignoradas.
Neste caso, a mulher se sente mais como uma empregada doméstica, babá ou prestadora de serviços financeiros do que esposa ou namorada. Portanto, elas procuram uma situação externa que as valide pelo que realmente são, e não pelos serviços que executam.

  1. Elas desejam intimidade.
As mulheres tendem a se sentir mais valorizadas e conectadas por meio de interação emocional do que sexual. Eles preferem conversar, se divertir, refletir e construir uma vida social, etc. Quando eles não sentem esse tipo de conexão com o parceiro ou parceira, podem procurá-la em outro lugar.

  1. Elas são esmagadas pelas necessidades dos outros.
Pesquisas recentes indicam que muitas mulheres, apesar de alegarem amar o parceiro, a casa, o trabalho e a vida profundamente, são infiéis. Isso ocorre porque elas se sentem pouco apoiadas e sobrecarregados por terem que ser tudo para todas as pessoas o tempo todo, então acabam procurando por sexo extraconjugal como forma de viver a vida.

  1. Elas estão sozinhas.
As mulheres podem sentir a solidão em um relacionamento por várias razões. Seu parceiro ou parceira pode trabalhar duro ou simplesmente não estar emocionalmente disponível. Qualquer que seja a causa, elas se sentem sozinhas e buscam conexão através da infidelidade para preencher o vazio.


  1. Elas esperam muito de um relacionamento.
Algumas mulheres têm expectativas irracionais sobre o que seu parceiro  ou parceira e relacionamento devem oferecer. Eles esperam que o parceiro atenda a todas as suas necessidades 24 horas por dia, 7 dias por semana, 365 dias por ano e, quando não o fazem, procuram a atenção de outras pessoas.

  1. Elas estão respondendo ou recriando um trauma ou abuso.
Às vezes, as mulheres que sofreram um trauma profundo na vida (na infância ou na idade adulta), especialmente o trauma sexual, podem usar a traição para "recriar" esse trauma como uma maneira de tentar controlá-lo ou dominá-lo.

  1. Não fazem sexo satisfatório.
As mulheres também gostam de sexo e, se não o fazem com seu conjugue ou não gostam por alguma razão, elas podem buscar a satisfação com outra pessoa.



O conteúdo do Macajuba Acontece é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Estes são os smartphones Android que não serão mais compatíveis com o WhatsApp



celulares que deixaram de rodar o whatsapp

Alguns aparelhos Android não serão mais compatíveis com o app de mensagens WhatsApp. A mudança começa a vigorar já no início do próximo ano.

Para utilizar todos as funcionalidades do app atualmente, é necessário ter um smartphone com o sistema operacional 4.0.3 ou mais recente.

No Android 2.3.7 ou anterior, uma versão mais antiga do sistema, já não é possível mais criar contas novas e nem reverificar contas existentes.


No entanto, por uma liberação da plataforma, ainda é permitido usar o aplicativo de forma limitada nas versões.

Contudo, segundo o aplicativo, isso deve mudar em 2020. A partir de 01/02 não será possível usar o app (de nenhuma maneira) no Android 2.3.7 ou versões anteriores.

Como explica no site oficial, a versão do sistema do Google perderá o suporte na data prevista.



O conteúdo do Macajuba Acontece é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Bolsa Família será reformulado para beneficiar jovens e crianças



A ideia é dividir o programa em três: benefício cidadania, dado às famílias de baixa renda; benefício primeira infância, para crianças de até 3 anos; e benefício a crianças e jovens, contemplando jovens de até 21 anos



O governo acerta os últimos detalhes de uma reforma para turbinar o Bolsa Família, o mais importante programa social do País voltado para a população de baixa renda. A pedido da Casa Civil, o Ministério da Cidadania propôs a reformulação daquela que foi a principal bandeira do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Para imprimir a marca do governo Bolsonaro, pode até mudar de nome e se chamar “Renda Brasil”. O que já está definido é que será ampliado para atender a jovens de até 21 anos e conceder valores maiores aos beneficiários.


O benefício pago hoje pelo programa varia conforme a renda da família. Para aquelas na faixa da pobreza e da extrema pobreza, o valor pode chegar a R$ 205 mensais. Na folha de setembro, o benefício médio pago às famílias pelo Bolsa Família foi de R$ 189,21. A ideia do governo é aumentar esta média, mas ainda não há uma meta definida.

Leia também



A proposta apresentada pelo Ministério da Cidadania está em análise na equipe econômica para definição do volume de recursos adicionais ao programa. O plano original da ala política do governo era aumentar em R$ 16,5 bilhões os recursos para o programa – que tem um orçamento previsto para 2020 de R$ 29,5 bilhões. São R$ 14,1 bilhões adicionais ao que já é gasto anualmente e mais R$ 2,4 bilhões para bancar, no ano que vem, o pagamento do 13.º salário. Segundo apurou o Estado, a área econômica já avisou que pode garantir, por ora, “no máximo” R$ 4 bilhões adicionais.

A ideia é dividir o programa em três: benefício cidadania, dado às famílias de baixa renda; benefício primeira infância, para crianças de até 3 anos; e benefício a crianças e jovens, contemplando jovens de até 21 anos. Além disso, a ideia é criar um extra para valorizar a “meritocracia”: seria um prêmio para crianças que tivessem sucesso em olimpíada de conhecimento, passassem de ano e se destacassem no esporte.


Reunião

A grande dúvida ainda é sobre a receita extra para bancar o aumento das despesas. Uma reunião técnica realizada ontem no Palácio do Planalto terminou sem definir a origem dos recursos, já que é preciso encontrar um espaço no teto de gastos – regra que limita o crescimento das despesas à variação da inflação. A equipe econômica pediu mudanças no desenho previsto no projeto.

Um das propostas é direcionar ao Bolsa Família parte do que o governo pretende arrecadar com o fim da isenção de impostos sobre a cesta básica. Cálculos do governo mostram que uma transferência de R$ 4 bilhões da arrecadação do imposto que passará a ser cobrado sobre a cesta poderia incrementar em R$ 24,10 extras, em média, o valor do benefício para cada uma das 13,8 milhões de famílias inscritas no programa. OP9



O conteúdo do Macajuba Acontece é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.





Pagamento do 13º salário do Bolsa Família começa nesta terça-feira (10)



Todos os beneficiários da folha de dezembro receberão a parcela em dobro, seguindo o calendário regular do programa

Quando sai o pagamento do décimo terceiro do Bolsa Família,
Décimo Terceiro do Bolsa Família


O Ministério da Cidadania inicia nesta terça-feira (10) o pagamento do 13º salário do Bolsa Família dos beneficiários do programa do mês de dezembro. O pagamento vai até o dia 23 e o calendário segue o cronograma regular, conforme o número do NIS do beneficiário. Na Bahia, cerca de 1,7 milhões de famílias receberão o benefício - o valor da folha no estado chega a R$ 665.381.556,00 e o valor do benefício médio é de R$ 380,15. A folha do último mês do ano somou 13.170.607 famílias em todo o país, num valor total de R$ 2.525.746.007. Com o pagamento extra, o valor da folha chega a R$ 5.051.492.014,00.


No ano, o Bolsa Família fechou o orçamento em R$ 33,6 bilhões, cerca de 10% a mais do que em 2018 (R$ 30,6 bilhões). "Essa é uma determinação do presidente Jair Bolsonaro, que fez questão de ampliar esse recurso. É uma maneira de reforçar o Natal das famílias mais pobres do Brasil”, reforça Terra.O cumprimento da promessa de campanha do presidente Jair Bolsonaro foi garantido pela Medida Provisória 898, publicada no dia 15 de outubro de 2019. O incremento do orçamento foi assegurado pelo Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do Primeiro Bimestre de 2019, do Ministério da Economia.


Abaixo, segue tabela com o valor do pagamento e número de famílias por estado.

UF
Número de famílias
Valor total
Valor do benefício médio
Acre
86.987
R$ 47.689.238
R$ 548,24
Alagoas
387.195
R$ 152.405.806
R$ 393,62
Amazonas
387.230
R$ 180.430.928
R$ 465,96
Amapá
75.123
R$ 34.409.050
R$ 458,04
Bahia
1.750.294
R$ 665.381.556
R$ 380,15
Ceará
1.014.628
R$ 389.687.314
R$ 384,07
Distrito
Federal
66.683
R$ 24.568.762
R$ 368,44
Espírito
Santo
168.028
R$ 59.813.938
R$ 355,98
Goiás
277.003
R$ 89.616.160
R$ 323,52
Maranhão
927.651
R$ 403.781.942
R$ 435,28
Minas
Gerais
970.642
R$ 359.232.100
R$ 370,10
Mato Grosso
do Sul
114.397
R$ 42.045.872
R$ 367,54
Mato Grosso
142.557
R$ 49.296.268
R$ 345,80
Pará
925.135
R$ 377.003.824
R$ 407,52
Paraíba
502.403
R$ 205.681.340
R$ 409,40
Pernambuco
1.127.840
R$ 420.952.068
R$ 373,24
Piauí
437.844
R$ 186.586.528
R$ 426,14
Paraná
335.494
R$ 111.677.552
R$ 332,88
Rio de
Janeiro
818.580
R$ 308.268.972
R$ 376,58
Rio Grande
do Norte
339.308
R$ 129.219.184
R$ 380,84
Rondônia
71.216
R$ 22.233.020
R$ 312,20
Roraima
44.067
R$ 19.503.112
R$ 442,58
Rio Grande
do Sul
325.960
R$ 114.263.026
R$ 350,54
Santa Catarina
106.298
R$ 38.016.004
R$ 357,64
Sergipe
280.015
R$ 96.683.774
R$ 345,28
São Paulo
1.378.331
R$ 480.723.674
R$ 348,78
Tocantins
109.698
R$ 42.321.002
R$ 385,80
Total
13.170.607
R$ 5.051.492.014
R$ 383,54

Os interessados em receber o Bolsa Família devem se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. O registro pode ser feito nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras) ou na gestão municipal do Bolsa Família e do Cadastro Único.


O programa atende às famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$ 89 mensais; e pobreza, com renda entre R$ 89,01 e R$ 178,00 mensais.

Correio


O conteúdo do Macajuba Acontece é protegido. Você pode reproduzi-lo, desde que insira créditos COM O LINK para o conteúdo original e não faça uso comercial de nossa produção.



Postagens mais antigas Página inicial
Copyright © Macajuba Acontece | O Portal de Notícias de Macajuba e Região | Direção: Max Ribeiro